1 de jun de 2011

"Tropa de Elite 2" é o grande vencedor do Prêmio do Cinema Brasileiro


31/05/2011 - 23h50


"Tropa de Elite 2" é o grande vencedor do Prêmio do Cinema Brasileiro




LUIZA NASCIMENTO SOUTO
DO RIO


Com nove troféus, "Tropa de Elite 2" foi o destaque da 10ª edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, em cerimônia realizada na noite desta terça-feira (31) no Teatro João Caetano, na praça Tiradentes, centro do Rio de Janeiro.

Cerca de 1500 pessoas --entre técnicos, diretores e atores-- lotaram o espaço para prestigiar a premiação, criada em 2002 pela Academia Brasileira de Cinema.

A edição deste ano teve como homenageados especiais o casal Lucy e Luis Carlos Barreto, que completam 50 anos de cinema neste ano. "O cinema brasileiro vive o momento que sempre ocupou. O governo Collor tentou liquidar a categoria, mas não há o que derrube o cinema", disse Luis Carlos Barreto, ao agradecer a homenagem.


Um dos pontos altos da festa foi uma linda homenagem que a atriz Marieta Severo prestou à também atriz Norma Bengell. "Se estivéssemos na Grécia antiga, ela seria a grande deusa", disse Marieta. Apesar de debilitada e andando de cadeira de rodas, Norma Bengell fez questão de se levantar para agradecer. "Estou há oito meses sem sair de casa, estou aqui por vocês", disse a atriz.




Veja a lista dos vencedores da décima edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro:

Melhor Longa Nacional pelo voto popular
"Tropa de Elite 2"

Melhor Longa Estrangeiro pelo voto popular
"A Rede Social"

Melhor Documentário pelo voto popular
"Dzi Croquettes"

Melhor Longa Documentário
"O Homem que Engarrafava Nuvens", de Lírio Ferreira

Melhor Longa Ficção
"Tropa de Elite 2"

Melhor Filme infantil
"Eu e Meu Guarda-Chuva", de Toni Vanzolini

Melhor Direção
José Padilha, por "Tropa de Elite 2"

Melhor Atriz
Glória Pires, por "Lula, o Filho do Brasil"

Melhor Ator
Wagner Moura, por "Tropa de Elite 2"

Melhor Atriz Coadjuvante
Cassia Kiss, por "Chico Xavier"

Melhor Ator Coadjuvante
André Mattos, por "Tropa de Elite 2"
Caio Blat, por "As Melhores Coisas do Mundo"

Melhor Direção de Fotografia
Lula Carvalho, por "Tropa de Elite 2"

Melhor Direção de Arte
Adrian Cooper, por "Quincas Berro D'Água"

Melhor Figurino
Kika Lopes, por "Quincas Berro D'Água"

Melhor Maquiagem
Rose Verçosa, por "Chico Xavier"

Melhores Efeitos Visuais
Darren Bell, Geoff D. E. Scott e Renato Tilhe, por "Nosso Lar"

Melhor Roteiro Original
Bráulio Mantovani e José Padilha, por "Tropa de Elite 2"

Melhor Roteiro Adaptado
Marcos Bernstein, por "Chico Xavier".

Melhor Curta Animação
"tempestade", Cesar Cabral

Melhor Curta Documentário
"Geral", Anna Azevedo

Melhor Curta Ficção
"Recife Frio", Kleber Mendonça Filho

Melhor Longa Estrangeiro
"O Segredo dos Seus Olhos" (Argentina / Espanha), de Juan José Campanella

Melhor Som
"Alessandro Laroca, Armando Torres Junior e Leandro Lima, por "Tropa de Elite 2"

Melhor Trilha Sonora
Guto Graça Mello, por "O Homem que Engarrafava Nuvens"

Melhor Trilha Original
Jaques Morelenbaum, por "Olhos Azuis"

Melhor Montagem Ficção
Daniel Rezende, por "Tropa de Elite 2"

Melhor Montagem Documentário
Raphael Alvarez, por "Dzi Croquettes"


3 comentários:

  1. nao vi e não tenho nem vontade de ver.

    ResponderExcluir
  2. ah..o Tropa... hahahah Lindo ve Dzi no voto popular!!! lindo mesmo. pra mim um filme didático pra mostrar que hoje somos muito limitados e encerrados em nossos proprios preconceitos.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o Dzi... Além de tudo o que vc falou, ele é um documentário fundamental para entender muito da nossa cultura hoje em dia. Votei nele!

    ResponderExcluir